Início Blog Contra block, conteúdo

Contra block, conteúdo

O jornal alemão Bild mitou, como se diz na gíria. Agora, quem entra em seu site usando a extensão no navegador que impede a exibição de anúncios é gentilmente convidado a se retirar. Acesso liberado só para assinantes ou para quem navega sem bloqueadores de banners instalados. Curto e grosso.

A medida, que deve gerar ainda muita discussão, é baseada numa avaliação simples do Bild: custa dinheiro fazer jornalismo e ainda que o retorno não seja aquela maravilha, banner é dinheiro. E na busca por um modelo de negócio sustentável na internet, isso conta e muito.

O desafio do marketing digital

Se o Bild aposta no “block no block”, o marketing digital, por sua vez, preferiu seguir outro caminho para lidar com o uso de bloqueadores de banners – que lideram o ranking das extensões mais baixadas. O caminho escolhido, e não é de agora, foi o CONTEÚDO.

Não tem mistério: para driblar o bloqueio na exibição dos anúncios em portais, sites e blogs troca-se o tradicional display por conteúdo em formato de posts com texto, fotos, áudio, vídeo e infográfico e até e-book. Se não há um banner para ser exibido e clicado, há, por outro lado, algo de utilidade para o leitor, um conteúdo do seu interesse, longe de ser apenas um material de divulgação, mas que leva junto uma marca como patrocinadora do conteúdo – muitas vezes a mesma que teve seu banner bloqueado pelo usuário.

Esta estratégia de valorização do conteúdo reinventou o marketing digital que topou e está vencendo o desafio. Quantas vezes você ouve falar em termos como “marketing de conteúdo”, “inbound marketing”, “funil de vendas”, entre outros, ou é impactado por posts patrocinados nas redes sociais de ferramentas como o RD Station ou eventos como o RD Summit? Tudo isso é a prova não só de que o marketing digital realmente compreendeu os novos cenários (com o leitor/usuário/consumidor dando as cartas), mas também de que se há um Rei na internet, este Rei atende pelo nome de CONTEÚDO.

A nova roupa do Rei 

E sendo o CONTEÚDO o Rei numa estratégia de comunicação voltada para o meio digital, é preciso cuidado redobrado na produção do que se vai oferecer ao público – tão dono de seu destino na mídia digital. É o conteúdo bem produzido, focado nos reais interesses e necessidades do cliente, que faz a diferença.

Há consenso entre especialistas que o que se vive hoje é uma busca por atenção e não necessariamente uma busca por audiência. E não é tarefa fácil conquistar a atenção de alguém que está sendo tão bombardeado de informação por muitos lados, em múltiplos canais, em múltiplas plataformas. É preciso estratégia e robustez no que se produz e não apenas um “olha como eu sou legal”.

Por isso, ao contrário da história infantil, a nova roupa do Rei não pode ser invisível nem obra de profissionais que não entendam do negócio. O Rei CONTEÚDO não pode estar nu. Muito pelo contrário. Pois é o CONTEÚDO “bem vestido” que servirá de alavanca, por exemplo, para um site de e-commerce aumentar suas vendas.

É com CONTEÚDO de qualidade e produzido também de olho nas características do meio digital, como a edição pró-Google recheada de palavras-chave e outros elementos que ajudam a melhorar a posição nas buscas, que vai ajudar a levar mais clientes para o site. É o CONTEÚDO o peso que fará a diferença na disputa com os sites concorrentes.

Alguma dúvida sobre como seu público-alvo deseja ver seu Rei CONTEÚDO?


Produção e gestão de conteúdo digital para sites, blogs e redes sociais também é com a ALL PRESS.

Conheça todos serviços da ALL PRESS.

Para saber mais sobre os serviços da ALL PRESS, entre em contato.

 

Sobre a All Press

A All Press é uma empresa de Assessoria de Imprensa e Comunicação Estratégica com sede em Florianópolis, fundada em 2003 e especializada em ações que ajudam a reforçar a marca de seus clientes.

Rua Tenente Silveira, 225 – Sala 705, Centro – Florianópolis, SC
(48) 3223-3078
(48) 3028-0183
rogerio@allpresscom.com.br.bh-65.webhostbox.net
almada@allpresscom.com.br.bh-65.webhostbox.net

SEM COMENTÁRIOS

Deixar uma resposta