Mentiras para rir e verdades para discutir – COMUNICAÇÃO, CRIATIVIDADE E INOVAÇÃO #008

Por All Press Com

Segundona depois da Páscoa, há três tipos de pessoas: os ricos, que estão estufados de tanto chocolate do fim de semana; os emergentes, que estão ansiosos pelas promoções desta semana (famoso “3 ovos por 2”) e as pessoas que são como eu e como você, que estão preocupados mesmo é com as novidades do universo da comunicação.

Como sempre, pode confiar nesse post, apesar de ontem ter sido 1º de Abril. Vamos conversar sobre a Amazon – que teve uma semana difícil -, sobre publicidade infantil, redes, apps e ações muito criativas que marcaram os últimos dias.

Tempo estimado de leitura: 7 minutos

1.º de Abril: Pessoal ficou tão focado na Páscoa, que muita gente esqueceu que ontem também foi dia 1º de Abril, o famoso Dia da Mentira. Mas algumas empresas não deixaram a data passar em branco. Vejam algumas das ações mais legais:

++ Essas ações não são mentira não, só quis aproveitar o gancho do número 1 para dar duas notícias: Brahma voltou com o número 1 e a estreia do novo filme de Steven Spielberg, Jogador Nº 1

2. Carros: Nada sobre a animação da Disney. Ainda é um papo sobre carros que se dirigem sozinhos. Como você, leitor(a) do blog, sabe, na semana retrasada um carro autônomo da empresa se envolveu num acidente que deixou uma vítima. No dia 23 de março, o Model X, modelo da concorrente Tesla, também se envolveu numa fatalidade. Um dos veículos, que estava em piloto automático, bateu em muro, pegou fogo e matou o motorista, que era funcionário da empresa.

3. Redes e Apps:

4. Amazon: A gente sabe que Donald Trump gosta de fazer inimigos e se manifestar sobre eles. No momento, o inimigo público número 1 é a Amazon/Jeff Bezos. Fato é que a Amazon simboliza uma mudança no mercado de compras muito grande. Isso afeta os negócios de Trump e alguns “colegas” no setor imobiliário e varejista – por exemplo, quanto mais e-commerce, menos shoppings. Como um presidente que se elegeu querendo fazer os Estados Unidos voltarem a ser algo que era há, talvez, 50 anos atrás, não é um dos grande apoiadores da Amazon. Não é só isso, claro. Jeff Bezos também é dono do Washington Post – embora não se envolva em praticamente nada da linha editorial do periódico -, um jornal que é crítico ao governo de Trump. O presidente laranja já chamou o Post de Fake News e todas essas coisas. Por mais que Jeff Bezos seja o homem mais rico do mundo, ele não é o mais poderoso. E, quando esse ódio de Trump se tornou público, a empresa teve uma queda de 5% nas ações (uma perda de 30 bilhões de dólares no valor de mercado). O Presidente está preparando outras formas de atacar a Amazon e já mencionou que o sistema postal perde dinheiro com essa empresa, o que pode levar a uma mudança na legislação.

++ Enquanto isso, a Amazon está produzindo Cortés, uma minissérie com nomes de peso. O roteiro, escrito pelo lendário Dalton Trumbo (membro da black list de Hollywood durante a guerra fria), conta a história do conquistador espanhol Hernan Cortés e do seu encontro com os astecas. O responsável é Steven Spielberg  e será estrelado por Javier Bardem.

++ A gigante mundial, mas ainda pequena no Brasil, pode comprar a Via Varejo, que controla a Ponto Frio e as Casas Bahia. Isso aumentaria a presença na América Latina e daria para a Amazon uma das maiores operadoras de comércio do Brasil – em torno de 900 lojas físicas.

5. Publicidade Infantil: Um dos programas mais legais da TV, o Greg News, dedicou quase 20 minutos para falar sobre esse tema. Basicamente, é feita propaganda de brinquedos e outros produtos infantis de forma velada no Youtube. Em vez de um comercial, apostam em unboxing feito por um youtuber que tem um público infantil grande. Excelente vídeo.

 

+++ Uma pesquisa da Adobe revelou que quase um terço do tráfego da Internet é feito por robôs. E um painel da empresa falou sobre a importância de ser um criador de experiências.

+++ Didaticamente (só que em inglês) e desenhado, quais são e o que significam os termos ligados à Realidade Virtual

+++ O melhor atendimento ao cliente do mundo é o da Nintendo. Quero ver quem questiona depois disso